Press Release

Tereos inicia operação de planta de biogás em Olímpia

Download PDF
Além de energia, a planta também pode produzir biometano, uma alternativa limpa aos combustíveis fósseis

A Tereos, uma das líderes mundiais na produção de açúcar, etanol e bioenergia, deu início à operação comercial de sua planta de biogás, localizada em Olímpia, no interior de São Paulo, que tem 1 MW de capacidade instalada. Foram investidos cerca de R$ 15 milhões no projeto até o momento.

O total da produção será direcionado para empreendimentos comerciais localizados no interior de São Paulo por meio de uma parceria com a Lemon Energia, marketplace que conecta geradores de energia sustentável a pequenas e médias empresas. Ao todo, cerca de 85 pequenos comércios – ou o equivalente a mil clientes residenciais – serão atendidos pela energia fornecida.

“A produção de biogás é uma medida importante para expandir o uso de energia limpa e potencializar a presença da Tereos neste mercado. Além de reforçar nosso compromisso com a sustentabilidade, também estamos focados em ampliar os nossos negócios e oferecer qualidade por um preço competitivo ao consumidor final”, diz Gustavo Segantini, diretor comercial da Tereos.

Paralelamente à planta de biogás, a Tereos conta com a cogeração de energia elétrica, gerada a partir da biomassa de cana-de-açúcar de suas sete unidades. Ao todo, a companhia possui 444 MW de potência instalada, com potencial de exportação de cerca de 1.450 GWh para o sistema elétrico.

Atualmente, todas as unidades de processamento de cana da Tereos estão localizadas na região noroeste do estado de São Paulo. A planta de biogás foi pensada estrategicamente para a usina de Olímpia, que apresenta maior produção de vinhaça e está estrategicamente localizada para receber vinhaça das outras plantas, caso necessário, promovendo assim maior eficiência.

“A intenção é que possamos expandir e consolidar a nossa atuação, garantindo um crescimento sustentável e a ampliação da produção de energia limpa e renovável. A produção do biogás também nos permite mais um aproveitamento de nossos resíduos industriais, fortalecendo o conceito de economia circular que permeia nosso negócio em todas as etapas da operação”, completa Segantini.

Combustível limpo

Além da produção de energia, a planta de biogás também pode produzir biometano, uma alternativa limpa aos combustíveis fósseis. Em abril, a empresa anunciou o início de testes para utilizar o combustível em substituição ao diesel que hoje abastece a sua frota agrícola.

A Tereos possui como meta atingir, até a safra 29/30, 100% dos veículos canavieiros abastecidos com biometano.