A Tereos atua no mercado de álcool e etanol há quase 100 anos. Possui experiência e um know-how únicos com papel importante nos setores de álcool e etanol.

Produção de álcool

Os álcoois tradicionais são produzidos a partir de matérias-primas agrícolas (beterraba-açucareira, cereais e cana-de-açúcar) por fermentação, destilação e retificação.

Produtos à base de álcool

Descritos como neutros, os álcoois da Tereos não possuem nenhum traço distintivo. São claros, inodoros e são usados ​​principalmente nos setores de bebidas alcoólicas, perfumaria, cosméticos e farmacêuticos.

Bioetanol

Um produto renovável, o bioetanol é fabricado a partir da fermentação ou destilação de matérias-primas como cereais e beterraba-açucareira na Europa, da cana-de-açúcar no Brasil e de resíduos (melaço e amido), resultantes da transformação de plantas em produtos alimentícios.

 

O bioetanol emite até 90% menos gases do efeito estufa do que a gasolina, se considerado todo o ciclo de vida do combustível, ou seja, da produção à utilização nos veículos. Desde o lançamento dos veículos flex fuel no Brasil em 2003, a redução das emissões de GEE decorrentes do consumo de etanol atingiu 603 milhões de toneladas de CO2 equivalentes*. Isso corresponde ao plantio de mais de 4 bilhões de árvores nativas nos próximos 20 anos.

 

No Brasil, a mistura de 27% de etanol à gasolina também contribui para a diminuição das emissões.

 

*fonte: UNICA-União da Indústria de Cana-de-Açúcar

Números-chave

20%

da receita da Tereos é gerada por negócios em álcool e etanol

650M

de litros de etanol na safra 19/20 no Brasil

-90%

de emissões de GEE se comparado o etanol com a gasolina